sexta-feira, 7 de novembro de 2014

O fim da estrada; o começo de uma nova história...


Às vezes fico reflexivo sobre a nossa vida, sobre a nossa existência. O tempo passa rápido e esse palco chamado mundo é muito breve. Hoje muitos choram de saudade dos entes queridos, outros, já se conformaram com a ausência. Na cidade dos mortos, lugar onde chamados de cemitério, não está enterrado apenas corpos, mas ali, no fundo da cova, na solidão do caixão, também estão enterrados SONHOS! Pois, por ironia do destino, ou não, a morte se encarregou de mudar todos os planos daqueles que um dia sonharam em mudar o mundo- mudar a história. Mas, assim segue-se o destino. Viva-o, brinque e sonhe o máximo que puder, pois, por mais que os segundos se pareçam lento demais, a vida é breve e o tempo é curto. E assim, em um belo dia de sol, onde tudo parece perfeito e extraordináriamente bem, belo e inabalável, nossa história chega ao fim... Então, fechamos o livro da vida e entramos nas páginas da história.

Faça seu caminho, crie seu destino e escreva a sua jornada. Um dia podemos até ser esquecidos, mas a nossa caminhada e as nossas ideias, se forem concretas, jamais se apagará com o tempo. A nossa forma física se deteriora com o tempo, mas as nossas palavras se rejuvenescem a cada dia. O nosso sol nasce a cada manhã, muito embora poucos percebam a beleza e contemplem o espetáculo do amanhecer, ele sempre está lá para nos aquecer e nos mostrar que nem tudo é escuridão. Se alguém fechar a página do seu livro, comece tudo de novo e reescreve uma nova história. Pois, há tantas coisas boas que precisam ser expostas... Então! Saiba que, o fim da estrada não é um motivo para desistirmos, mas sim a oportunidade para o começo de uma nova história. Siga em frente, pois o destino te espera!!! 


- Adriano Santos

Um comentário: